Coluna Balaio do Cobra: fraude em licitações em Rondônia

2013-10-02T11:14:59+00:0002 outubro, 2013|

Olá amigos leitores estamos chegando à quarta edição e graças a Deus nosso trabalho tem sido elogiado por várias pessoas, tendo em vista que a maior parte delas são da minha família, mas ainda sobra alguém de fora. Por esta razão que adquirimos uma linha de total diferença dos demais meios de comunicação de nosso estado, nossa intenção é mostrar aquilo que os caros colegas não têm interesse em levar a público.

[dropcap]E[/dropcap]sta semana em Vilhena foi um Deus nos acuda, pois muitas pessoas ficaram tirando onda com a vida dos outros, quero aqui demonstrar meu apoio a família daquele que teve seu nome e de sua querida esposa jogada na lama. Vamos aqui nos preocupar em cuidar de nossas vidas e deixar a vida dos outros em paz. A questão é ‘Quem está livre de problemas?’, pois só não tem problemas quem não tem vida. Refiro-me aos colegas internautas que não deixam de postar a desgraça dos outros nas redes sociais.

Estava escrito no Balaio, que o meu amigo Tibes teria dito que não era parente de determinada assistente social da Semas, eu disse, mas ele não quis acreditar que estaria entrando de férias por tempo indeterminado e que seu regresso só será possível mediante um memorando enviado pelo Papa João Paulo II, segundo que, além de ter sido santificado por Lampião e ter aprendido o linguajar da Derci Gonçalves também já deu uma passadinha pelo cemitério, demarcando dois terrenos, sendo um para um ex-senador e um ex-governador. Ambos moram em Vilhena.

Tem hora que me arrependo de ser filiado ao PDT há mais de 12 anos, pois temos uma representante na Câmara Municipal que não condiz com aquilo que era pra ser feito como representante do povo. A bendita vereadora dias destes andou tirando umas fotos de uma área que teria sido cercada com pneus no ano passado para evitar uma possível invasão de grileiros, pois se tratava de um ano político.

Fiquei surpreso foi com a vereadora requerer que o prefeito de explicação de onde ele arrumou dinheiro para comprar o antigo Hotel Diplomata em Vilhena. Admira-me muito uma pessoa que foi a mais votada na história da política legislativa de nossa cidade ter umas atitudes sem nexo como estas. Se esta onda pegar, daqui a pouco neguinho vai começar a fazer requerimento para saber de onde foi que outro parlamentar comprou uma bicicleta para seu filho ir para a escola.

Mas, se caso isto vier a acontecer, tem muito neguinho ai que pode colocar as barbas e até mesmo as unhas de molho, tem uma vereadora que está construindo uma bela casa e um enorme posto de gasolina bem na região central de Vilhena. Já imaginaram se as pessoas parassem de se preocupar com a vida alheia e começassem a se preocupar com situações que não sejam relevantes ao interesse de toda a população.

Contenção de despesas, o prefeito do município de Chupinguaia, Vanderlei Palhari se sentiu obrigado a fazer mais alguns ajustes em sua administração, pois uma das saídas que o prefeito teve foi demitir vários cargos comissionados adequando à determinação do Tribunal de contas do estado. Para o prefeito “estas determinações são dolorosas, mas se não cumprimos teremos que arcar com as consequências no futuro e quero que no final de meu mandado eu possa sair de cabeça erguida e com o dever cumprido junto ao nosso povo”.

Quem anda mal das ideias em Chupinguaia é um grupo de pessoas que andam dizendo que a nobre vereadora Lindaura Ferreira (PV), está disposta a processar a imprensa de Vilhena, segundo as más línguas a questão é que a vereadora teria sido alvo de denúncias, quando denunciou a Dra. Vaneizza, por não cumprimento de trabalho. As fontes informaram ainda que a nobre edil só está aguardando a confirmação de duas pessoas que estavam no dia do acontecido para testemunharem a seu favor, há quem diga que um é promotor e a outra escrivã da comarca de Vilhena. Vamos aguardar a imprensa ser notificada.

Quem está em Chupinguaia hoje pela primeira vez é o Deputado Estadual do PMDB, Edson Martins que veio atendendo um pedido do presidente municipal do partido Valmir Passito. A visita será para estreitar os laços entre os vereadores e o prefeito, pois Martins tem interesse na reeleição e vem procurando galgar apoio em outras regiões, inclusive do Cone Sul do estado.

A chegada do Parlamentar aconteceu na manhã desta quarta-feira e neste momento encontra-se reunido na Câmara de Vereadores com lideranças políticas e empresários do município. Para o prefeito Vanderlei Palhari, “todo político que estiver interessado em angariar recursos para nosso município, serão muito bem-vindos, pois Chupinguaia sempre soube reconhecer os trabalhos que alguns tem feito em nossa região”.

 Durante a Operação Rondônia/Mamoré, Amorim foi preso por participar de um esquema de fraudes em licitações na prefeitura de Ariquemes. “Descobriu-se, na época, que despesas eram fracionadas para que as licitações fossem direcionadas. Segundo a investigação, as empresas ganhadoras eram sempre do ‘grupo Amorim’, que obtinha lucros ilícitos mediante o desvio de verbas públicas, principalmente decorrentes de convênios e repasses de recursos federais”, afirma a Procuradoria em nota oficial.

A apuração detectou 28 empresas gerenciadas pelo irmão de Ernandes, Osmar Santos Amorim. Essas empresas, fantasmas, não tinham movimentação financeira, registro no Crea (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e não foram encontradas nos endereços fornecidos.

O grupo também usava pessoas como pedreiros e seguranças como laranjas. O patrimônio dessas pessoas era incompatível com os ganhos de sócios de construtora civil. “A investigação também constatou que os funcionários das empresas não sabiam para quem trabalhavam porque as empresas se confundiam. Além disto, o contador, o advogado e o preposto das empresas eram as mesmas pessoas”, diz a Procuradoria.

As investigações afirmam que havia um rodízio de empresas na cobertura às construtoras que sempre venciam a maioria das licitações. Na ação de improbidade também foram denunciadas as empresas Rangel & Matias Construção Civil e Transporte Ltda., Parra Arquitetura e Construção Ltda. e Portal Construções, Comércio e Representação Ltda.

Entre os casos apontados pelo MPF há um convênio de R$ 77 mil firmado pela prefeitura de Ariquemes com o FNS (Fundo Nacional de Saúde) para ampliar uma unidade de saúde que nunca existiu.

Os seis procuradores que assinam o processo pedem à Justiça a perda do cargo, emprego ou função pública desempenhada, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa, perda de eventuais valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio dos réus, ressarcimento de eventuais prejuízos causados ao erário, proibição de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais –mesmo que através de pessoa jurídica–, além do pagamento de danos morais sofridos pela União e pela sociedade.

Eu tenho avisado que o bicho vai pegar mesmo em todos os lugares que houver irregularidades em licitação em nosso estado. Não venha depois nos culpar de perseguição, pois a moral de nosso estado tem que melhorar por bem ou por mal.

Galera vou terminando por aqui, mais deixando bem claro que tudo que aconteceu semana passada na casa do Patrick e também na do Cézinha só poderá vir à tona na semana que vem, esta semana  não deu tempo e nem espaço. O Zé Carlos me disse que o ex-vereador anda meio com problema de mórroima, doença esta descoberta pelo vereador Zézinho moto-taxi do Novo Plano. Semana que vem eu falo tudo pra vocês. Até a próxima.

Balaio do cobra

Quarta edição

02/10/2013

2 comentarios

  1. José Simão 2 outubro, 2013 at 11:39 am

    ACREDITO QUE O COMENTÁRIO SOBRE A VEREADORA MARIA JOSÉ SEJA INFUNDADO. AS PESSOAS AQUI DO QUINTO BEC SABEM QUE O POSTO A QUE VC SE REFERE É DE ANTES DA MESMA SE TORNAR VEREADORA, JÁ O HOTEL, APÓS SEIS ANOS DE MANDATO DESEMBOLSAR AQUELA NOTA COM ARGUMENTOS QUE CONTRADIZEM A PRÓPRIA DECLARAÇÃO DE BENZ DO PREFEITO JUNTO AO TRIBUNAL ELEITORAL. MEU CARO AMIGO BALAIO, UMA BICICLETA É UMA COISA, UMA PROPRIEDADE QUE FOI OFERECIDA MESES ATRÁS POR DEZ MILHÕES É OUTRA BEM DIFERENTE. OLHE A DIFERENÇA ENTRE PESOS E MEDIDAS.

  2. Jonas 29 novembro, 2013 at 7:05 am

    bom José Simão acho q te falta informação, ou quer polemizar mesmo, pois o prefeito pagou 2.600.000,00 no hotel, e não 10 milhões como sugere esse seu comentario infeliz…

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.