Mesmo com a pandemia os negócios na Sicoob Credisul não param. Nesta sexta-feira, 31 de julho, começa uma oportunidade única para os produtores rurais realizarem grandes negócios em um feirão totalmente online, seguro e com condições diferenciadas. Se trata do 1º Feirão de Agronegócios do Sicoob, que vai até 7 de agosto, realizado na Comunidade de Negócios do App Sicoob Moob.

“Este Feirão será muito importante para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro, porque vai oferecer produtos e serviços, além de financiamentos com taxas competitivas, proporcionando maior progresso aos produtores”, afirma Raphael Silva Santana, gerente de Agronegócios do sistema Sicoob. Realizado por meio do App Sicoob Moob, o Feirão visa preencher o espaço que as grandes feiras de agronegócios, postergadas por conta da pandemia do novo coronavírus, deixaram no mercado.

Para a realização do leilão, o Sicoob fechou parcerias nacionais e locais com os principais fornecedores do mercado, de diversos segmentos agropecuários como de insumos, máquinas, equipamentos, tecnologia, pecuária, veículos, entre outros. Alguns dos confirmados são John Deere, Agrorosoo Sementes, Açores Balanças, Coimma e Chevrolet/Autus.

A partir do início do evento os cooperados poderão acessar a plataforma e visualizar as oportunidades anunciadas pelos fornecedores. Serão mais de 1.000 itens anunciados por 170 fornecedores. O contato entre o cooperado e o fornecedor é realizado dentro do próprio Moob, assim como as tratativas para os financiamentos das cooperativas.

Para os cooperados da Sicoob Credisul que quiserem participar é simples, basta baixar o App Sicoob Moob em sua loja virtual, Google Play ou App Store, e fazer o login inserindo os mesmos dados do App Sicoob. Após o login, no feed de notícias do App Sicoob Moob terá um post em destaque, basta acessá-lo e clicar em (IR PARA O FEIRÃO). Ou, clicar no menu no canto inferior direito e ir até (Comunidade de Negócios).

Além do Feirão, o Sicoob tem se mostrado um grande apoiador do agronegócio brasileiro. Este mês, anunciou a liberação de até R$ 16 bilhões no Plano Safra 2020/2021, alocando os recursos em diferentes linhas e conferindo alta competitividade para o Sistema no mercado. O valor é 33% maior do que os recursos cedidos no ano-safra anterior.

Aline Rayane de Mattos
Marketing, Comunicação e Projetos Sociais