imageO Centro de Atendimento à Terceira Idade (CATI), um dos programas sociais do município de Vilhena mantido pela secretaria de Assistência Social (Semas), vai reabrir suas atividades nesta sexta-feira, 28, com o já tradicional Carnaval dos idosos.

A festa carnavalesca com os idosos de Vilhena começa a partir das 15 horas no CATI. “A atividade já é uma tradição e este ano não poderia ser diferente. Eu e o prefeito Zé Rover estaremos fazendo a abertura oficial da programação anual do CATI e toda a comunidade está convidada a participar. É muito bom ver nossos idosos se divertindo. Com certeza, isso é uma forma de eles poderem viver a terceira idade com mais alegria”, comentou a primeira dama e secretária da Semas, Lizangela Rover.
Após a festa de carnaval com os idosos, o CATI retoma as atividades no dia 11 de março com uma missa marcada para as 07h30.

De acordo com a coordenadora do Centro de Atendimento à Terceira Idade, Maristela Stocco, as aulas de ginástica e dança, com o coreógrafo e professor Franco continuam nas terças e quintas às 08 horas, no CATI. As aulas de hidroginástica e hidroterapia continuam de segunda à quinta. Em relação ao atendimento médico, o doutor Nelson Chain está atendendo pela manhã de segunda à quinta. “Os bailes, aberto a todos os associados, permanecem nas sextas-feiras e domingo, sempre a partir das 15 horas”, destacou.

O CATI possui, atualmente, 2.400 idosos cadastrados e desse total, 700 tem frequência regular por semana. “As atividades que eles participam servem como terapia ocupacional, pois o índice de depressão é alto na terceira idade. Por isso, contamos com profissionais que trabalham sempre com dedicação e preocupados com o fator humano”, disse Lizangela Rover.

O grupo de dança é mais uma alternativa de envolver os idosos em atividades diferenciadas e com participação em festas e eventos sociais. “São ações que colocam Vilhena em destaque em relação a outros municípios no diz respeito ao atendimento à terceira idade. Inclusive, nossos projetos são visitados frequentemente por equipes de outras localidades de Rondônia e até outros Estados brasileiros”, concluiu a primeira dama.

Ribamar Araújo (Assessor de Comunicação/Semas)