Sete governadores já decretaram estado de calamidade financeira