Pastores de igrejas evangélicas, representação da igreja católica representantes do Corpo de Bombeiros de Vilhena participaram de uma reunião com a primeira dama e secretária de Assistência Social, Lizangela Rover, na manhã de quarta-feira, 13, para tratarem de assuntos referentes a realização do Natal Feliz.

[pullquote]O encontro aconteceu no Centro de Atendimento à Mulher (CAM) e em seguida foi servido um café da manhã para os convidados.[/pullquote]

[dropcap]D[/dropcap]urante a reunião, Lizangela destacou a importância das instituições religiosas no trabalho social que fazem ao longo ano e parabenizou o comando do Corpo de Bombeiros pela incondicional atuação de atendimento nos mais variados casos assistenciais junto à população do município. “Todo trabalho voltado ao atendimento público supõe tempo e dedicação, muitas das vezes não há o reconhecimento merecido e parte dessas ações passa despercebida. Contudo, o maior prêmio é a satisfação do trabalho realizado e o bem estar da comunidade. Quero parabenizar o trabalho que vocês realizam em favor de nossa população carente”, enfatizou a secretária de Assistência Social.

Reunião-pastores-(1)Lizangela propôs que este ano o Natal Feliz fosse compartilhado por todas as entidades que durante as festas natalinas distribuem cestas básicas e outros donativos, mas com um único cadastro para todas as famílias. “Nossa preocupação é que há famílias que tem o mesmo cadastro em várias entidades e acabam ganhando cestas básicas sem nenhum controle dos organizadores. Há famílias que chegam a ganhar mais de 20 cestas básicas numa semana, enquanto há outras quem ficam sem receber”, comentou.

A semas vai disponibilizar os cadastros que já possui para todas as entidades e foi sugerido que essas devem confrontar com a relação que cada um tem. “Constatamos em outras ocasiões que uma mesma família armazenou tantas cestas básicas e produtos alimentícios estragaram por não terem sido consumidos na data de validade. Não podemos deixar que pessoas de má fé armazenem cestas básicas em suas casas, enquanto outras ficam sem o benefício”, reforçou Lizangela.

A proposta foi bem aceita pelos presentes que estiveram no encontro e Lizangela colocou à disposição de todos a campanha Natal Feliz de forma que fosse agregada às campanhas de final de ano que as entidades promovem em Vilhena.

Ribamar Araújo (Assessoria de Comunicação/Semas)