Mais de mil mulheres morreram em 2017, vítimas da violência doméstica

2018-08-18T14:15:02+00:0018 agosto, 2018|Categories: Notícias|

O feminicídio é um dos temas do Interesse Público desta semana. O programa inédito vai ao ar na TV Justiça neste domingo (19), às 17h30, e pode ser visto a qualquer momento no canal do MPF no YouTube.

Mais de mil mulheres morreram em 2017, vítimas da violência doméstica

O Brasil registra 600 casos de violência doméstica todos os dias e, a cada duas horas, uma mulher morre violentamente no país. Nossa equipe conversou com Maria da Penha – a mulher cuja triste história deu nome à lei que, há 12 anos, representa um marco no combate à violência contra a mulher. Confira também entrevista com a subprocuradora-geral da República Ela Wiecko, que explica o trabalho do Ministério Público Federal (MPF) no combate a esse tipo de crime.

O IP vai falar também sobre saúde. Em São Paulo, o MPF pretende garantir a ampliação da oferta do teste do pezinho no Sistema Único de Saúde (SUS). Já no Rio de Janeiro, o tema é a falta de leitos e a crise no sistema de marcação de consultas. Você vai ver, ainda, que o MPF é contra a revisão pelo INSS de aposentadoria por invalidez para portadores de HIV, e já levou o caso à Justiça Federal.

Transporte de eleitores no dia da eleição pode ser fornecido por candidatos e partidos políticos? No quadro MPF nas Eleições, você vai saber porque essa prática é proibida. Fique de olho!

Onde assistir – O Interesse Público é veiculado nacionalmente pela TV Justiça aos domingos, às 17h30, com reprises ao longo da semana. O programa também é retransmitido por emissoras parceiras nos estados do Pará, São Paulo, Tocantins, Espírito Santo, Sergipe, Rio de Janeiro, Acre, Paraíba e Rio Grande do Sul. Você também pode acompanhar o programa pela internet, no site da TV Justiça, ou acessar as reportagens no canal do MPF no YouTube.

O IP é uma revista eletrônica semanal produzida pela Secretaria de Comunicação da Procuradoria-Geral da República, em parceria com a produtora Chá com Nozes e com a colaboração das unidades do MPF em todo o país. Para críticas e sugestões, fale conosco pelo endereço eletrônico: pgr-interessepublico@mpf.mp.br.

Tudorondônia

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br