Ao visitar as obras da usina de calcário localizada no município de Pimenta Bueno, que tem previsão para ser inaugurada no mês de fevereiro pelo Governador Confúcio Moura, o secretário de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), Evandro Padovani, anunciou que as duas mil e quinhentas toneladas de calcário retidas pelo Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) serão distribuídas para famílias ligadas à agricultura familiar.

Oferta de calcário vai fortalecer agricultura familiar em Rondônia

Oferta de calcário vai fortalecer agricultura familiar em Rondônia

O calcário retido pelo IBAMA foi liberado por meio de ações do senador Valdir Raupp e da deputada Marinha Raupp, que informaram o resultado à Companhia de Mineração de Rondônia (CMR), instituição subordinada à Seagri. O calcário dolomítico será aplicado na recuperação de áreas degradadas no âmbito da agricultura familiar, no estado de Rondônia.

A usina de calcário onde o Governo do Estado investiu R$ 10 milhões e que saltará das 30 mil toneladas anuais para 400 mil toneladas, inicia uma nova fase no setor produtivo em Rondônia, com a modernização do agronegócio e da agricultura familiar, na busca do desenvolvimento social e sustentável.

Para Evandro Padovani, o Governador Confúcio Moura está recuperando o passivo ambiental com aumento na produtividade agrícola e redução nos custos e melhoria na qualidade de vida no campo.

Texto e fotos: José Luiz Alves