Prefeito realiza audiência sobre saneamento básico em Vilhena

2013-12-10T17:01:10+00:0010 dezembro, 2013|

O prefeito Zé Rover comandou, na manhã desta segunda-feira, 10, a Audiência Pública onde foi apresentado o Plano Municipal de Saneamento Básico de Vilhena (PLAMSABAV). A reunião contou com a participação de vereadores, agentes comunitários de saúde e comunidade em geral.

DSC_0004O plano foi aprovado pela comunidade e agora será protocolado junto à Caixa Econômica Federal, que é a gestora do recurso para a implantação do saneamento. O projeto está subdividido em quatro temáticas: abastecimento e tratamento de água potável, coleta e destinação de lixo, limpeza urbana e drenagem e manejo de águas pluviais.

“O trabalho não começou hoje, há pelo menos dois anos estamos trabalhando nesse projeto e buscando recursos para executá-lo”, destacou o prefeito. Rover informou que serão R$ 85 milhões investidos na primeira etapa de implantação do saneamento básico. “Vários setores e bairros serão contemplados nessa primeira fase, como o Cristo Rei, Centro, setores 04, 05, 17, 19, 20”, completou.

A obra começa ainda no primeiro semestre do próximo ano. Já na segunda etapa outros R$ 50 milhões serão liberados, para que o saneamento alcance toda a cidade. Além disso, há outro projeto já aprovado junto ao Governo Federal, aguardando também a liberação da verba, na ordem de R$ 34 milhões para a implementação da rede de tratamento de água. “Temos o privilégio de sermos servidos com um dos mais importantes aqüíferos da América, mas para manter a qualidade dessa água vamos trocar e melhorar toda a estrutura de encanamento, entre outras medidas”, explicou o prefeito.

Pesquisa de CampoA coordenadora do Plano, Sueli Magalhães, também explicou que a pesquisa, iniciada nas casas há cerca de dois meses, continua. De acordo com Sueli, a etapa de levantamento das reais condições da cidade para receber a obra de saneamento é extremamente necessária e por isso, o município está contando com a atuação dos agentes comunitários de saúde, funcionários da Prefeitura, Força Aérea, funcionários do Saae, Senac dentre outros, na pesquisa de campo.

Os voluntários estão aplicando um questionário, composto por 40 questões, em todas as residências da cidade. Além disso, há orientação para a mudança necessária de alguns hábitos da população para receber o saneamento, como por exemplo, não jogar pó de café e óleo na pia da cozinha, pois todo o esgoto será enviado para uma unidade de tratamento.

 Semcom

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br