Rover visita Porto Seco em Goiás

2013-10-01T16:53:48+00:0001 outubro, 2013|

Porto-seco-AO prefeito de Vilhena Zé Rover (PP), visitou na manhã de terça feira (1º) o Porto Seco Centro Oeste, localizado em Anápolis – GO, distante 159 km de Brasília, visando conhecer o funcionamento da instalação bem como o procedimento aduaneiro. Rover que foi acompanhado do Secretário e do Adjunto da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio – SEMTIC, Eliar Negri e Darimar de Oliveira, foi recepcionado pela gerente comercial do Porto, Ana Cláudia Ganzarolli.

O Porto Seco Centro Oeste S/A é um terminal alfandegado de uso público, destinado à armazenagem e à movimentação de mercadorias importadas, ou destinadas à exportação, sendo utilizado como facilitador das Operações de Comércio Exterior.

O prefeito apresentou à gerente a potencialidade econômica e logística de Vilhena e de toda a região sul do estado de Rondônia. “Nossa região é grande produtora de grãos e também temos frigoríficos localizados no nosso município e em outras cidades da região. Temos a certeza de que um estudo técnico mostrará a viabilidade de implantação de um porto seco também em Vilhena, destacou Rover.

O que é Porto Seco

Porto seco ou Estação Aduaneira Interior (EADI) é um terminal intermodal terrestre diretamente ligado por estrada e/ou via férrea e/ou até aérea, sendo um depósito alfandegado localizado na zona secundária, geralmente no interior. Recebe as cargas ainda consolidadas, podendo nacionalizá-las de imediato ou trabalhar como entreposto aduaneiro. Dessa forma, o porto seco armazena a mercadoria do importador pelo período que este desejar, em regime de suspensão de impostos, podendo fazer a nacionalização fracionada.

O mesmo pode acontecer na exportação. Este sistema permite que o exportador utilize o Porto Seco para depositar sua carga e, a partir do momento que esta entra no Porto Seco, todos os documentos referentes à transação podem ser negociados normalmente como se a mercadoria já estivesse embarcada.

Instalação em Vilhena

Em julho deste ano o prefeito Zé Rover recebeu, uma equipe de técnicos da empresa Enefer Consultoria, do Rio de Janeiro para conhecer alguns locais que servirão para a construção do futuro Porto Seco e do pátio para os vagões da ferrovia. Alguns locais por onde deverão passar os trilhos também foi visitado. Uma das principais áreas à disposição para a construção do Porto fica próxima á divisa entre Rondônia e Mato Grosso, seguindo a plantação de grãos às margens da BR 364. Ao todo, uma área de 600 hectares deverá ser utilizada para a implantação do Porto.

Rover cumpre agenda na capital federal até a próxima sexta-feira.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]

Fonte: Semcom

Fotos: Luis Serafim

[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.