Homologação aconteceu na manhã desta sexta-feira (22). Segundo secretário de Planejamento, teto dos gastos pode influenciar no número de vagas.

Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO).  — Foto: Cássia Firmino/G1
Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO). — Foto: Cássia Firmino/G1

A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) homologou, na manhã desta sexta-feira (22), o resultado final do concurso público realizado em agosto de 2018 ao preenchimento de vagas nos cargos de consultor legislativo, analista legislativo, assistente legislativo e advogado. Os salários variam de R$ 3.898,11 a R$18.713,03.

Secretário de Planejamento e Orçamento da ALE-RO, Rafael Figueiredo disse que a previsão é de formar uma comissão para que a perícia médica avalie a aptidão dos candidatos aprovados. Com isso, o chamamento para posse dos aprovados deve acontecer a partir de julho deste ano.

Rafael ainda ressaltou que a quantidade de candidatos que tomarão posse pode ser menor do que previsto graças ao regimento fiscal do teto dos gastos, bem como a dívida acumulada pelo estado junto ao Banco do Estado de Rondônia (Beron).

“Essa data pode ser alterada ou não. Esse ano, a assembleia está sob o regime fiscal. Então a gente tem um limite de despesas com o pessoal, além do que está previsto na área de responsabilidade fiscal. A gente tem que respeitar esse limite. Estamos nesse impasse agora”, acrescentou.

Mesmo com as questões relacionadas a receita do estado, que podem gerar na redução do número de candidatos que venham a ser chamados, o secretário pontuou também que existe uma estimativa para que metade dos candidatos aprovados e julgados aptos à posse sejam chamados ainda em 2019.

O concurso

A prova foi aplicada para mais de 36 mil pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FVG) e foi realizada em seis municípios de Rondônia.

resultado final do certame foi divulgado no dia 18 de dezembro de 2018.

Por G1 RO