Ação irregular é configurada como crime e onera o município indevidamente

Técnicos do Saae fiscalizam encanamentos em busca de ligações irregulares: multa e ação criminal

Em Vilhena, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) está intensificando a ação de combate a ligações clandestinas na rede de água. A ação é crime e todos os meses representa grande prejuízo para a entidade, que precisa aumentar sua capacidade para atender moradores que não pagam pelo serviço.

Na última semana os servidores do órgão descobriram ligações irregulares em residências até mesmo da “classe alta” de Vilhena. Em um dos endereços, no bairro Jardim Social, o inquilino da casa disse ter alugado o imóvel há mais de ano e que nunca atentou para o detalhe do baixo consumo, já que sempre pagou suas contas através do débito automático. O imóvel possui hidrômetro, mas havia um desvio de água direto da rede, não passando água pelo hidrômetro.

“Continuaremos com a fiscalização das ligações irregulares durante todo o ano, que engloba religação indevida, desvios da rede e danos nos hidrômetros. É necessário que a população entenda que essa é uma atitude criminosa e acaba prejudicando todos, como também ao SAAE, nos impedindo de investir em mais melhorias para o abastecimento de água”, destacou o diretor da autarquia, Maciel Albino Wobeto.

Ainda, de acordo com o SAAE, o usuário que cometer esse tipo de infração é multado e pode responder criminalmente.

Semcom