Perseguição política? Vistoria feita no ônibus escolares teria sido feita por indicação de Luizinho Goebel

2013-10-28T17:17:51+00:0028 outubro, 2013|

onibusMatéria veiculada na imprensa visa prejudicar carreira política de Hevert Bueno que será concorrente de Goebel nas próxima eleições. Segundo a matéria veiculada em primeiro lugar por um site local, dos 39 ônibus escolares que fazem o transporte de estudantes nas áreas urbana e rural da cidade, contratados pela prefeitura, 38 foram reprovados em vistoria realizada pela Ciretran de Vilhena entre 19 e 20 de julho.

A matéria tem como fonte o senhor Paulo Mendes, que foi um dos marqueteiros da campanha de Luizinho Goebel. Segundo o proprietário da empresa de transportes Bueno Tur, Ademar Bueno, o vistoriador que está relacionado politicamente com o deputado Luizinho Goebel, foi quem fez a famigerada vistoria que apontou inúmeras irregularidades.

“Ele não sabia onde ficavam os números de chassi, cada marca de veículo tem um local diferente. Se ele buscava num local de outra marca e não encontrava reprovava. Disse que uns ônibus foram alongados, o que não aconteceu. Acreditamos que seja perseguição política. Primeiro pediram cinto de segurança transversal, daí ele disseram que deveria ser horizontal”, desabafou seu Ademar.

A matéria acusa que todos os veículos foram reprovados em quesitos básicos, como falta de cinto de segurança e lanternas queimadas. Pneu estepe dentro do ônibus e problemas de freios. Seu Ademar nega. pois a empresa dispõe de estrutura física e de pessoal especializado que fazem a manutenção da frota, podendo qualquer pessoa comprovar inloco.

[tabs]
[tab title=”Saiba mais:”]VILHENA – Ônibus escolares reprovados em vistoria transportam alunos[/tab]
[/tabs]

A referida matéria alega que o Secretário Municipal de Educação, José Carlos Arrigo, não acionou os contratos para impedir que os ônibus continuassem circulando sem os ajustes apontados na vistoria.

Porém seu Ademar apresentou um ofício, enviado pelo secretário, que informa à empresa que deve agendar nova vistoria para o final de dezembro, como recomendado pela promotora Yara Travalon para que não haja perda para os alunos no decorrer do ano letivo.

Assessoria

[print-me]

3 comentarios

  1. Juan Vagner 28 outubro, 2013 at 9:07 pm

    Não sei da capacidade do vistoriador, mas posso afirmar que já por diversas vezes esses ônibus “escolares” transitando de forma precária.

  2. José Luiz 29 outubro, 2013 at 7:40 am

    Já vai começar essa putaria de perseguição… tenho nojo desses politicos sem moral que só sobrevivem da sacanagem. Força Hevert.

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br