Ela era dona do antigo “Mercado Folador”

Cristina Maria Folador, a “Nona”, tinha 88 anos, chegou a Vilhena em 1979, desde então ficou todos esses 39 anos contribuindo para o crescimento da cidade.

Ela era muito conhecida e participava ativamente na Igreja Católica.

Nesta sexta-feira, 18 de agosto, faleceu em decorrência de uma parada respiratória.

Ela está sendo velada na Capela Municipal.

Da redação do Rondônia em Pauta