Polícia Federal localiza três corpos na Transamazônica

2014-02-03T20:20:27+00:0003 fevereiro, 2014|Categories: Em foco|Tags: |

imageO superintendente da Polícia Federal de Rondônia, delegado Arcelino Damasceno, disse ao portal Amazônia Real no início da noite desta segunda-feira (3) que equipes de buscas localizaram corpos de três homens enterrados numa região da rodovia Transamazônica, no sul do Amazonas.

Neste momento, um comboio da força tarefa escolta um veiculo do Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Civil de Rondônia, que transporta os corpos. O comboio vai percorrer de Humaitá (AM) a Porto Velho (RO) 200 quilômetros.

No IML será realizado perícia técnica nos cadáveres. Segundo o delegado Damasceno, após os exames, inclusive de DNA, a Polícia Federal divulgará a identidade das pessoas mortas.

O superintendente da PF não confirmou se os três corpos foram localizados dentro da terra indígena Tenharim Marmelos, na qual uma força tarefa, que conta com o apoio da Força Nacional de Segurança e do Exército, faz buscas há mais de 30 dias aos três homens desaparecidos desde o dia 16 de dezembro de 2013.

As equipes utilizam cães farejadores para localização de cadáveres e equipamentos modernos de rastreamento de peças metálicas escondidas. No interior da reserva, segundo a PF, já foram localizados peças do veículo ocupado pelos desaparecidos Stef Pinheiro, Luciano Freire e Aldeney Salvador, que foram vistos pela última vez atravessando a terra indígena em um veículo Gol preto.

Cinco índios tenharim estão presos há quatro dias num presídio em Porto Velho por acusação de suposto envolvimento em crimes de sequestro homicídio e ocultação de cadáveres, segundo investigações da Polícia Federal. Eles negam participam nos crimes.

Durante a operação de buscas desta segunda-feira, que começou por volta das 9h, a Polícia Rodoviária Federal fechou o cruzamento da travessia de balsas sobre o rio Madeira, que liga as cidades e Humaitá a Apuí.

Os veículos que foram liberados para fazer a travessia foram escoltados no trajeto de 180 quilômetros que fica dentro da terra indígena Tenharim Marmelos. Esta medida de segurança que vem ocorrência desde o dia 31 de janeiro para evitar distúrbios sociais entre índios tenharim e não indígenas do sul do Amazonas.

Amazônia Real

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br