Poste na Rua Jamari impede Semosp de liberar tráfego

2013-07-24T09:03:46+00:0024 julho, 2013|

Em consequência da greve dos funcionários da Eletrobrás, a Secretaria Municipal de Obras (Semosp) de Vilhena está impedida de liberar a passagem na ponte da Rua Jamari, sobre o Rio Pires de Sá.

DSCN4036[pullquote]O trecho liga o bairro São José ao Setor Vilhena de Chácaras e a existência  de um poste de iluminação pública no trajeto impede a passagem.[/pullquote]

[dropcap]N[/dropcap]o local, a ponte de madeira foi substituída por uma mega galeria de concreto, como parte da obra de macrodrenagem. A Semosp se encarregou da terraplanagem e liberação da via. “No entanto, o poste fica justamente no trajeto onde fizemos a nova passagem, e com a paralisação da Eletrobrás, não temos como liberar o acesso, mesmo estando com todo o trabalho concluído”, explicou o secretário de Obras, Elizeu de Lima.

As quatro vias que ligam os bairros São José e Centro ao Setor Vilhena tiveram suas pontes de madeira substituídas por galerias fluviais posteriormente adequadas às ruas por via da terraplanagem. A Prefeitura de Vilhena informa ainda que os moradores que necessitam se locomover até o Setor Vilhena pela Rua Jamari podem utilizar a passagem mais próxima pela Rua Marcos da Luz, cujas obras já foram concluídas.

Assim que a Eletrobras retornar os serviços e realizar a remoção do poste, a Semosp dará continuidade à obra que é de suma importância para o município.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Semcom

Foto: Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.