A Prefeitura de Vilhena enviou para a Câmara o projeto que prevê investimento em pavimentação asfáltica no município. Os vereadores aprovaram por unanimidade o projeto, que é requisito da Caixa Econômica Federal (CEF). O município foi pré-selecionado para a aplicação de R$ 70 milhões em asfalto

923091_465828960166393_488447598_n[dropcap]O[/dropcap] prefeito Zé Rover explica que o projeto prevê cerca de 60 km de pavimentação, com drenagem, calçamento, meio fio, acessibilidade e sinalização. Dos R$ 70 milhões que serão investidos, R$ 35 serão provenientes do Governo Federal, R$ 1.750 milhões de recurso próprio do município, já no início da obra, e os outros R$ 33.250 milhões serão financiados pelo município através da CEF.

O projeto ainda será avaliado pela CEF, que analisa o potencial e a capacidade do pagamento do município. Por esta razão, o valor pode variar, já que todos os valores serão proporcionais ao financiamento. O município quer o parcelamento do recurso em 20 anos, mas Rover afirma que na verdade, o valor pode ser pago muito antes desse prazo. “Só no ano passado fizemos 8 km de asfalto com recurso próprio, além de mais de 70 Km nos últimos quatro anos , sendo que em todos os projetos houve contra partida do município, o que significa que teremos capacidade para pagar sem endividar Vilhena”, enfatiza.

Com esses 60 km de asfalto, o município vai ficar próximo de ter 90% das ruas asfaltadas. “E o mais importante é que vamos fazer asfalto de qualidade e completo, porque não é só cobrir a poeira, vamos fazer a microdrenagem, que vai somar com a macrodrenagem ao dar escoamento adequado para a água da chuva, além da acessibilidade e toda a sinalização necessária em uma via pavimentada”, destaca Rover.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”] Semcom[/tab]
[/tabs]

[print-me]