Apenas servidores das secretarias de Saúde, Educação e Obras receberam no dia 3 de fevereiro.

prefeitura-de-vilhena-300[dropcap]A[/dropcap] situação se agrava ao tomar em conta o corte de 20% das Funções Gratificadas de alguns servidores efetivos, medida tomada no início do ano e anunciada pelo prefeito José Luiz Rover para contenção de gastos.

Servidores que atuam no paço municipal da Prefeitura de Vilhena, que leva o nome de Centro Administrativo Senador Teotônio Vilela, ainda não receberam seus vencimentos do mês de fevereiro. A reclamação foi feita por uma funcionária que ligou no programa “Realidade” da rádio Planalto, na manhã desta terça-feira (10). “Os servidores da Saúde, Educação e Obras fazem greve se não receberem em dia, mas aqui no paço municipal ninguém luta pelos seus direitos”, desabafou a servidora.

Em coletiva feita pelo prefeito junto ao VEC no dia 20 de fevereiro, o mandatário anunciou o atraso no pagamento. No dia 28 de fevereiro a assessoria oficial enviou um comunicado informando que o pagamento dos servidores seria honrado no dia 3 de março, mas omitiu a informação de que apenas algumas secretarias seriam contempladas, dando a impressão de que todos os funcionários municipais estariam recebendo.

Há informação de que os secretários municipais também estão com os salários atrasados.

Da redação do Rondônia em Pauta