DSCN1121[dropcap]O[/dropcap] contingente de 35 atiradores comandados pelo Sub Tenente Dias, mais um efetivo do destacamento da aeronáutica, 6 militares da aeronáutica do destacamento de Vilhena, inclusive o Capitão Felix, comandante do destacamento da aeronáutica, auxiliados pelo colaborador Alexandre Marques saiu às 6h desta quinta-feira, 9, do Tiro de Guerra de Vilhena localizado na Avenida Vitória Régia, 1626,  do Bairro Jardim Primavera em Vilhena. A marcha percorreu mais de 8 quilômetros da região central de Vilhena durante quase 2 horas.

Sub Tenente Dias

Sub Tenente Dias

O Dia da Vitória é comemorado em todo o mundo no dia 8 de maio, em 1945, há exatos 68 anos, o sacrifício dos que tombaram pela Pátria foi compensado pelo triunfo das forças democráticas. Em agosto de 1942 o Brasil se declarou em estado de beligerância contra países do Eixo na Segunda Guerra Mundial. Foram marinheiros, soldados e aviadores que lutaram pela proteção do Brasil e pela libertação da Itália prestando o mais alto serviço pela paz mundial.

DSCN1129A marcha foi adiada para o dia 9 devido a algumas injunções do Tiro Guerra. O Sub Tenente Dias – Comandante do Tiro de Guerra 12 -008 – Vilhena-RO informou à reportagem do RONDÔNIA EM PAUTA que a marcha é prevista no programa padrão de instrução do atirador. “Ele formado combatente reservista de segunda categoria do exercito brasileiro e um dos objetivos da instrução é essa de sair equipado armado, através da cidade fazendo um marcha. É uma marcha é um pouco mais aliviada, mais é de 2 horas em torno de 8 km, Durante o ano são previstas serem realizadas até 3 marchas”, declarou Dias.

DSCN1127[tabs]
[tab title=”Rondônia em pauta”]Por Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]