Criminalização da homofobia pode ser confirmada hoje no Supremo