O mês de fevereiro foi atípico e ruim para para o setor, mas a Ford Canaã bateu suas metas em Vilhena

image[dropcap]A[/dropcap] Ford Nacional ficou com 10,7% da fatia do mercado nacional e a concessionária de Vilhena ficou com 13,54%.

As vendas de automóveis e veículos comerciais leves, como furgões e picapes, apresentaram queda de 26,68%, em fevereiro, na comparação com mês anterior. E de 27,28% na relação com o mesmo período do ano passado, com o emplacamento de 178.822 unidades. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foi o pior fevereiro de vendas de automóveis e comerciais leves desde 2008.

Somando as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e máquinas agrícolas, o total de emplacamentos somou 293.839 unidades em fevereiro, diminuição de 21,87% em relação a janeiro e de 26,24% na comparação com fevereiro de 2014.

As vendas de caminhões foram as que apresentaram maior queda no mês, com o emplacamento de 5.171 unidades. Em comparação a janeiro, a redução foi de 32,64%. Já na relação com fevereiro do ano passado, a queda chegou a 50,10%.

Da redação do Rondônia em Pauta