Um dos argumentos é que o MEC está em vias de reconhecer o curso em Vilhena e a transferência atrapalharia todo o processo.

DSCN3700[dropcap]A[/dropcap] Comissão nomeada pela Portaria 359/2013/GR/UNIR, para analisar a possibilidade de transferência do curso de Jornalismo de Vilhena para Porto Velho, já tem uma relatório conclusivo sobre os trabalhos.

O relatório recomenda a não transferência do curso de Vilhena para Porto Velho, ou seja, o curso deverá ser mantido em Vilhena.

Os três membros da comissão em Vilhena, Prof. Ms. Marcus Fernando Fiori, Prof. Dr. Celso Gayoso e membro discente Fernando Henrique Araújo, fecharam o relatório e concordaram que a comissão não obteve dados que justificassem tal transferência.

[tabs]
[tab title=”Saiba Mais:”]Vilhena: docentes e alunos da UNIR avaliam possível transferência do curso de Jornalismo para Porto Velho[/tab]
[/tabs]

A decisão final sairá nos próximos dias, já que deverá haver um debate com os outros dois membros da comissão em Porto Velho formados pela Prof. Ms. Andréa Cattaneo e Marcus Rivoiro, mas já há um indicativo claro de que a maioria na comissão (3 x 2) optaram pela manutenção do curso em Vilhena, apesar de não saber ainda o que os membros da comissão de Porto Velho vão decidir.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Por Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]