Servidores comissionados de Vilhena na secretaria de educação teriam sido pagos com dinheiro do fundo 

Secretaria Municipal de Educação é comandada por José Carlos Arrigo

Secretaria Municipal de Educação é comandada por José Carlos Arrigo

[dropcap]O[/dropcap] caso não é de hoje, há meses que vem sendo denunciado pelo Conselho do Fundeb porém não se viu até hoje um resultado concreto das autoridades locais. Devido a isso, a denúncia foi refeita fora do âmbito municipal e já surtiu efeito. Denunciantes e talvez envolvidos já foram intimados pela Polícia Federal para depor sobre o caso para verificar supostas irregularidades no pagamento de servidores comissionados lotados na Secretaria Municipal de Educação.

De acordo com as denúncias, há indícios de que parte do recurso do Fundo de Manutenção de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) teria sido utilizado para pagamento dos vencimentos de servidores comissionados com desvio de função. A prática é inadequada e irregular.

A ação soma-se à investigação deflagrada pela PF após a denúncia do vice-prefeito Jacier Dias que desvendou o superfaturamento de peças entre a Prefeitura Municipal de Vilhena e a Tend Tudo Acessórios.

Leia mais:
Em primeira mão! Polícia Federal faz abordagem na Tend Tudo em Vilhena
PF investiga superfaturamento de peças e emissão de Notas Fiscais frias entre a Prefeitura de Vilhena e a Tend Tudo

Da redação do Rondônia em Pauta