O Sistema de Avaliação da Educação Básica no Ensino Médio (Saeb) da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc) está promovendo oficinas com uma equipe de profissionais para orientar gestores, orientadores, supervisores e professores da rede pública estadual de Rondônia.

O Professor Mestre Karen na oficina que abordou as questões que dizem respeito ao Saeb

Na última terça-feira, 23, a oficina foi realizada em Cerejeiras e contou com a participação de profissionais da educação dos municípios de Corumbiara, Cabixi, Pimenteiras.

Hoje, uma das principais propostas do governo de Rondônia é melhorar o Índice de Desenvolvimento Básico da Educação (Ideb) nas escolas da rede pública estadual de Rondônia e que vem merecendo uma atenção especial por parte da Seduc.

Com o fim da divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por escola, em 2017, houve a ampliação do público-alvo do Saeb no Ensino Médio. Desta forma, foi possível fazer o cálculo do Ideb para todas as escolas públicas.

A aplicação  das avaliações do Saeb é obrigatória nas escolas públicas e voluntária para as privadas de Ensino Médio, de zonas urbanas e rurais, e com pelo menos dez estudantes matriculados em turmas regulares na 3ª série do Ensino Médio (ou 4ª série do Ensino Médio quando esta for o ano de conclusão da etapa).

SAEB

O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é um conjunto de sistemas de avaliação do ensino brasileiro, desenvolvido e gerenciado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, autarquia do Ministério da Educação (MEC), baseado na Teoria Teoria da Resposta ao Item.

O Saeb é realizado de dois em dois anos por amostragem de alunos e é composto por dois processos: a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) e a Avaliuação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc).

A oficina reuniu gestores, orientadores, supervisores e professores da rede estadual

A Aneb produz informações a respeito da realidade educacional por regiões brasileiras. É aplicada para os alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio, da rede pública e particular. É uma avaliação amostral.

A Anresc ou Prova Brasil, se diferencia da ANEB por focar nos alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, por ser uma avaliação censitária e por ser aplicada apenas na rede pública.

A Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) produz informações a respeito da realidade educacional por regiões brasileiras. É aplicada para os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental da rede pública avaliando a proficiência de português (leitura e escrita) e matemática. Ela ocorre a cada 2 anos, sendo que a ultima foi em 2016. Possui como objetivos específicos avaliar o nível de alfabetização dos alunos e produzir indicadores sobre as condições de oferta do ensino. Como objetivo geral, busca a melhoria da qualidade do ensino e a redução das desigualdades.

O Saeb foi criado em 1990 e realiza avaliações a cada dois anos desde 1995. Os levantamentos de dados abrangem uma amostra probabilística representativa dos 26 estados e do Distrito Federal. O sistema tem como objetivos aferir os conhecimentos e habilidades dos alunos, mediante aplicação de testes, com a finalidade de avaliar a qualidade do ensino ministrado.

Secom – Governo de Rondônia