aliencao-parental[pullquote]Professores da FAMA convidam sociedade vilhenense para participar da mobilização[/pullquote]

[dropcap]A[/dropcap]lienação parental pode resultar em perda da guarda do filho, é crime previsto em lei que considera alienação parental o ato de fazer campanha de desqualificação da conduta dos pais no exercício da paternidade ou maternidade; dificultar o exercício da autoridade parental, o contato de criança ou adolescente com o genitor; atrapalhar o exercício do direito regulamentado de convivência familiar; omitir deliberadamente a genitor informações pessoais relevantes sobre a criança ou adolescente, inclusive escolares, médicas e alterações de endereço.

Pit-stops com carro de som, distribuição de panfletos e reuniões serão realizados nesta quinta-feira, 25 nas praças e semáforos da Av. Major Amarante. A campanha contra a Alienação Parental nomeada “Tenho o direito de amar” acontece das 8h às 12h e das 14h às 18h na praça Nossa Senhora Aparecida, o pit-stop está marcada para as 11h e 17h no semáforos da Av. Major Amarante.

A contribuição para a campanha é de R$ 20,00, a camiseta custará R$ 30,00, haverá entrega de certificado de 10 horas de participação para os estudantes. A inscrição acontece na sede da FAMA ou com a psicóloga Roseliane Marçal, coordenadora do evento, no celular 8425-0422.

[tabs]
[tab title=”Rondônia em pauta”]Autor: Hernán Lagos Fonte: Suzane Schmitka do Folha do Sul[/tab]
[/tabs]