Mãe de Wanderley Cesaretti passa por problemas de saúde e comandante irá auxiliar o tratamento.

O experiente treinador Wanderley Cesaretti Moreira, 63 anos, não é mais técnico do Vilhena Esporte Clube (VEC). A notícia foi dada pelo próprio desportista na manhã desta terça-feira, 28 de março, no saguão do hotel onde ele estava hospedado. O comandante dirigiu a equipe em três oportunidades e obteve uma derrota, uma vitória e um empate.

Cesaretti, que tem residência fixa na cidade de São Paulo, não voltará para casa. Ele irá auxiliar no tratamento da mãe, que mora na cidade de Naviraí, estado do Mato Grosso do Sul, que sofre de problemas do coração. “É um momento complicado da vida da minha mãe. Eu sinto que preciso estar ao lado dela”, disse o treinador.

Wanderley agradeceu à diretoria do VEC, que abriu as portas para que ele pudesse mostrar seu trabalho e disse que sai com o coração partido. “Quero agradecer aos jogadores, sempre prestativos, ao presidente do clube que confiou em mim e, espero sair deixando as portas abertas para que um dia eu possa voltar”, declarou.

O treinador chegou ao clube no dia 23 de fevereiro, há 15 dias do início do campeonato. Wanderley teve passagens em time de expressão como Ponte Preta e Inter de Limeira, ambos de São Paulo. Além de ter morado 16 anos no Japão e passado três temporadas nos Estados Unidos, onde comandou Soccer Camps, uma espécie de clínicas de futebol.

Segundo o presidente do clube, um novo treinador será apresentado nos próximos dias. Nenhum novo foi divulgado.

A próxima partida do Vilhena Esporte Clube acontece no Estádio Portal da Amazônia, diante do Barcelona Futebol Clube, às 16h00.

Texto e foto: assessoria