A foto foi tirada no último jogo, válido pela 3ª rodada do Campeonato Rondoniense. Mulheres ligadas ao futebol se manifestaram; diretoria do clube diz que gesto feito pelos jogadores é homenagem ao Festival de Pipas do Rio de Janeiro

Antes do jogo da terceira rodada do Campeonato Rondoniense, o time de futebol Barcelona de Vilhena tirou uma foto que gerou polêmica. No retrato, dois jogadores aparecem fazendo um gesto com as mãos. Mulheres ligadas ao futebol de Rondônia lançaram notas de repúdios nas redes sociais. O clube explicou que os jogadores estavam fazendo uma homenagem ao festival de pipas que acontece no Rio de Janeiro, local de onde os meninos vieram.

(Veja o vídeo)

Viviane Almeida, que trabalhou na equipe do Índio do Norte e se desligou do clube há duas semanas se manifestou. Em uma publicação, a ex-diretora do clube diz:

‘Eu como mulher que sou, em momento algum poderia ficar calada diante dos fatos…. REPÚDIO .Estou no futebol profissional há algum tempo, já vivi várias situações dentro desse espaço que julgam MASCULINO, porém sempre entendi que era em momentos calorosos de jogo e logo tudo passava e ficará para trás, convivi com jogadores de todos os lugares de nosso país, alguns educados, amigos, companheiros e em sua maioria profissionais, mais jamais presenciei algo desse “tipo” para muitos será só uma foto, mais no linguajar da bola, sabemos bem o que quer dizer… ‘

Jogadores do Barcelona explicam que gesto em foto é homenagem ao Festival de Pipas do Rio de Janeiro  — Foto: José Colde/ Tribuna TOP
Jogadores do Barcelona explicam que gesto em foto é homenagem ao Festival de Pipas do Rio de Janeiro — Foto: José Colde/ Tribuna TOP

Em conversa com o globoesporte.com, Viviane explica sua indignação diante dos fatos, mas revela que esse tipo de atitude não a afastará dos campos.

-Sou certa do que escolhi para minha vida! Esse tipo de atitude só me motiva mais a estar onde escolhi e sei que ainda vou ver muitas mulheres nesse meio.

Além da ex-diretora do clube, outras mulheres ligadas ao futebol e a cidade de Vilhena também se manifestaram.

A funcionária pública Valquíria Simonassi, de 30 anos, que foi presidente da torcida do Vilhena durante quatro anos, conta que é apaixonada por futebol desde os 10 anos de idade e que, em 2005, começou a acompanhar os jogos e viagens do Lobo do Cerrado.

Valquíria também postou seu repúdio acerca da fotografia no Facebook. Ela diz que se sentiu indignada com a imagem.

– Como mulher e como amante do futebol me senti muito desrespeitada; uma falta de respeito com a população e com o esporte – enfatiza.

A dona de casa Elna Maria Ludugerio, de 42 anos, é mãe de jogador de futebol, convive nos bastidores desse esporte há anos e também não concordou com a atitude dos jogadores.

– Uma falta de respeito com nós mulheres, com a torcida e com a cidade de Vilhena. Um time que foi criado com carinho; time de famílias que gostam de ir no estádio. Agora eles vêm de fora e acha que pode desfazer. E como vão representar Vilhena na série D, tem que respeitar principalmente a cidade – destaca.

A secretária Sarah de Oliveira, de 26 anos, torce para que os times de Vilhena cheguem à final do Campeonato Estadual. Contudo, esse gesto do Barcelona a deixou entristecida.

– Eu, minha mãe e irmãs gostamos de acompanhar os times da cidade e sempre que possível vamos no estádio. Me senti lesada, como se fossemos objeto sexual. Isso expõe demais as mulheres, principalmente as vilhenenses. É até difícil falar. Na verdade estou indignada, sem acreditar mesmo – ressalta.

Jogadores do Barcelona explicam sobre polêmica da foto tirada no jogo contra o Guaporé
Jogadores do Barcelona explicam sobre polêmica da foto tirada no jogo contra o Guaporé

O clube

globoesporte.comprocurou a direção do clube Barcelona de Vilhena e o gestor Vanderli dos Santos explicou que o gesto se trata de uma homenagem ao festival de pipas que acontece no Rio de Janeiro, de onde os jogadores vieram.

– Em nenhum momento os garotos tiveram a intenção de ofender ou até denegrir a imagem da mulher. No Rio de Janeiro temos um festival de pipas, muito famoso e em homenagem à esse festival, eles fizeram o gesto que é conhecido no Rio. Mas, estamos aqui para garantir a toda torcida de que jamais nossos atletas teriam uma atitude dessas. Respeitamos a todos.

Vanderli ainda pede desculpas em nome do elenco. Em um vídeo postado nas redes sociais do clube, os atletas que fizeram o gesto na foto também reiteram que o gesto se trata de uma homenagem ao festival.

O jogador Douglas diz lamentar a repercussão e acredita que a foto foi usada de ‘má fé’.

– Viemos aqui para pedir desculpa pelo mal entendido, mal ocasionado que ficou na situação de domingo por causa da foto do jogo. Achei que usaram a foto de má-fé, pois viemos do Rio de Janeiro e lá temos um grupo com ações sociais , com coisas de pipas em comunidades carentes e etc… E usaram isso de forma totalmente errônea, posso comprovar para vocês que têm grupos, têm fotos tem toda uma situação e usaram a foto de má-fé, com má intenção e não repercutiu muito bem com a torcida catalã, com a população de Vilhena, com as mulheres de Vilhena principalmente.

Chiclete, como é conhecido o outro jogador que junto com Douglas fez o gesto com a mão também explica sua posição diante da repercussão.

– Queria pedir desculpas também às mulheres que se ofenderam, às famílias e principalmente à torcida, quem conhece nossa índole sabe que não somos disso e podemos comprovar.

Por Lívia Costa e Eliete Marques — Porto Velho