O Vilhenense foi derrotado neste domingo pelo Fluminense-RJ por 2 a 0 no estádio Novelli Júnior, em Itu, pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020.

Foto: Reprodução / SporTV

Os gols da vitória do Fluminense foram marcados um em cada tempo. Luan Freitas abriu o placar ainda na primeira etapa. Já Jhon Kennedy fez o segundo na etapa final.

Com o resultado, o Vilhenense segue na lanterna ainda sem pontuar. Já o Fluminense é o líder da chave 15 com seis pontos.

Na próxima rodada, o Vilhenense se despede da competição na quarta-feira, às 16 horas (horário de Rondônia), diante do Socorro-SE no estádio Novelli Júnior, em Itu.

O jogo – A equipe tricolor iniciou o jogo desperdiçando boas chances, mas o zagueiro Luan Freitas acabou abrindo o marcador logo aos 12′ com um belo voleio após cobrança de escanteio do atacante Jefferson.

O gol deu ainda mais tranquilidade ao Fluminense, que seguiu dominando a partida, mas não teve competência para ampliar o placar mesmo com tantas chances criadas. Já o Vilhenense assustou através de uma bela finalização de fora da área do atacante Ricardo, mas o goleiro Marcelo Pitaluga realizou uma sensacional defesa.

Após o intervalo, o Fluminense voltou no mesmo ritmo, ou seja, muitas chances criadas, mas com os pés descalibrados. Já o Vilhenense gostou do jogo e até incomodou o sistema defensivo tricolor em algumas situações, mas o atacante Jhon Kenedy acabou marcando o segundo para garantir o aproveitamento de 100%. O placar poderia ter sido maior, mas foi o suficiente para deixar o Tricolor bem próximo da segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Ficha Técnica
Vilhenense 0 x 2 Fluminense-RJ
Local:
estádio Novelli Júnior (em Itu)
Data: 05/01/2019 (domingo);
Árbitro: Willians Costa Rocha (SP);
Assistentes: Diogo Correia dos Santos (SP) e Igor César Bertozzi (SP); 4ª árbitra: Fernanda dos Santos Ignácio de Souza;
Gols: Luan aos 13′ do 1º tempo; e John Kennedy aos 39′ do 2º tempo;
Cartões amarelos: Kawan, Lucas Grilo e Luiz Felipe (Vilhenense); Jefferson e João Luiz (Fluminense);
Vilhenense
William; Regis, Wellington, Lucas Grilo e Wallison (Tiago); Kawan, Walison (Luiz Felipe), Leandro (Rondon) e Raniel (Marcelo); Ricardo (Vitinho) e China. Técnico: Edilsinho.
Fluminense-RJ
Marcelo Pitaluga; Calegari, Luan Freitas, Cipriano e Guilherme (Marcos); André, Martinelli, Wallace (Denivaldo) e Luiz Henrique (Caio); Lucas Ribeiro (Yago) e Jefferson (John Kennedy). Técnico: Eduardo Oliveira.
Fonte: Futebol do Norte, com informações do Explosão Tricolor