Em tempos de tristezas e saudades, o capítulo mais amargo da história de Rondônia; artigo do historiador Emmanoel Gomes