Os ecos reverberam no Cemitério da Candelária: Reflexões sobre o patrimônio público em Rondônia; por Emmanoel Gomes