Condenado a 26 anos, agente penitenciário submeteu vítima a intenso sofrimento físico