Confúcio e grupo de servidores embolsam irregularmente R$ 1 milhão por mês