Ex-prefeito, membros de sua gestão e cooperativa terão de devolver quase R$ 1 milhão aos cofres públicos