Intervenção do TCE e MPs faz preço do gás medicinal adquirido pelo Estado despencar de R$ 17,45 para R$ 0,44