PF espera resultado de perícia para decidir se senador Acir Gurgacz pode ser transferido

PF espera resultado de perícia para decidir se senador Acir Gurgacz pode ser transferido

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) passou por avaliação – feita por duas médicas da Polícia Federal (PF) de Brasília – no fim da tarde de segunda-feira (15).

Ele está internado em um hospital de Cascavel, no oeste do Paraná, que pertence à família do parlamentar.

A perícia foi um pedido da PF. No domingo (14), policiais federais tentaram fazer a transferência do senador para Brasília e foram impedidos pelos médicos que o acompanham no Hospital São Lucas.

Agora, o delegado federal Marco Smith aguarda o laudo para saber se vai poder levar Acir Gurgacz para Brasília. O resultado deve ficar pronto ainda nesta terça-feira (16).

Acir Gurgacz (PDT) é senador por Rondônia  — Foto: Toni Francis/RO

Acir Gurgacz (PDT) é senador por Rondônia — Foto: Toni Francis/RO

Transferência imediata

transferência imediata de Gurgacz foi determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ainda no domingo para o início do cumprimento da pena de 4 anos e 6 meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro para favorecer uma empresa de transporte da família.

O senador está internado no hospital desde quarta-feira (10). No mesmo dia, ele teve o mandado de prisão cumprido pela PF.

Conforme um atestado médico apresentado à Justiça, Gurgacz teve crise de labirintite e transtorno de ansiedade generalizada e por isso precisou ser internado.

Desde que foi hospitalizado, Gurgacz vem recebendo a visita de familiares e de advogados e é escoltado pela polícia.

Atestados médicos

O primeiro atestado médico do senador indicava a necessidade de três dias para avaliação do quadro clínico.

No sábado (13), Gurgacz teve um novo atestado para ficar mais 20 dias internado, desta vez por problemas psiquiátricos.

O hospital não tem divulgado boletim sobre o estado de saúde dele.

O que diz a defesa

O advogado do senador, Ramiro Dias, afirmou na segunda-feira que deixou de ter acesso a Gurgacz, aos médicos e aos documentos solicitados.

Ele disse ainda que aguarda o laudo da Polícia Federal, que segundo ele, atestará a condição de saúde do preso.

Senador Acir Gurgacz (PDT) está internado em hospital de Cascavel desde quarta-feira (10) — Foto: Cícero Bittencourt/RPC

Senador Acir Gurgacz (PDT) está internado em hospital de Cascavel desde quarta-feira (10) — Foto: Cícero Bittencourt/RPC

Por Cícero Bittencourt, RPC Foz do Iguaçu