Novo laudo revela que jovem não se arrepende de matar ex no sexo