Uma parceria entre o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – Cejusc, o Juizado Especial Cível de Ji-Paraná e o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos – Nupemec, do Tribunal de Justiça de Rondônia, promoverá, nos próximos dias 18, 19 e 20, o Mutirão da Energisa, em cerca de 180 processos nos quais foram designadas audiências de tentativa de conciliação.

Serão aproximadamente 60 audiências por dia. Os processos se referem a situações em que os requerentes pagaram pela construção da subestação de energia elétrica, sendo a maioria localizada em áreas rurais. Essas subestações foram incorporadas ao patrimônio da Energisa, fazendo com que os consumidores requeressem o ressarcimento, já que entendem ser da Energisa a obrigação de arcar com as despesas. Daí o ajuizamento da ação para receber os valores gastos.

Todas as ações são da 1ª Vara do Juizado Especial Cível da comarca de Ji-Paraná, que tem como titular o juiz Maximiliano Darcy David Deitos.

Assessoria de Comunicação Institucional