Por força de acordo judicial, jornalista pede desculpas por ofensa em rede social

2014-02-21T18:22:11+00:0021 fevereiro, 2014|Categories: Em foco, Justiça|Tags: , |

Depois de discutir com empresário, o jornalista Dejanir Haverroth o chamou de “filho da puta”, além de acusar a empresa da família de “falcatruas em licitações públicas”.

imageEssa discussão rendeu dois processos movidos pela mãe do empresário, que se sentiu ofendida como pessoa física e como sócia da empresa.

Para cessar o processo e não correr o risco de ter que pagar indenização, algo em torno de R$ 50 mil, o jornalista concordou em publicar um pedido formal de desculpas em três veículo on-line e em seu blog pessoal.

Veja o texto na íntegra:

Pedido formal de desculpas à Geneci Salete Pires Bueno

Eu, Dejanir Luiz Haverroth, jornalista em Rondônia, no cumprimento de acordo judicial, venho, através deste, pedir desculpas formal à Senhora Geneci Salete Pires Bueno por tê-la ofendido, tanto pessoa física quanto jurídica (leia-se BUENO TUR), em rede social (facebook). Como pessoa física a ofensa se deu ao chamar seu filho Hevert Bueno de “filho da puta”, e a ofensa jurídica ao afirmar que a Bueno Tur teria “falcatruas em licitações públicas”. Compreendo que a palavra “Filho da puta”, pelo seu uso em nossa língua, não tem sentido literal, mas subjetivo. Portanto não houve a intenção de ofender a pessoa de Dona Geneci. Quanto à pessoa jurídica (Bueno Tur) reconheço que a empresa tem legítimos direitos de concorrer a licitações públicas em qualquer município, e desconheço “falcatruas” em licitações cometida por ela.

Vilhena, 21/02/2014 – Dejanir Luiz Haverroth

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br