A prefeita de Vilhena Rosani Donadon (PMDB), recebeu na manhã desta sexta-feira, 28, a visita de representantes do Tribunal de Justiça de Rondônia para falar sobre a construção do novo Fórum do Poder Judiciário no município.

O encontro aconteceu no gabinete da prefeita e contou com a presença do secretário de Terras Daniel Machado, dos representantes do Poder Judiciário, o assistente técnico Guilherme Campos Rodrigues, do engenheiro civil Rafael Silva Grangeiro, e do secretário administrativo Jean Carlos Silva Santos.

No encontro os representantes do Judiciário solicitaram a prefeita ampliação do prazo para construção do novo fórum na área doada pelo município. “Recebemos a doação do terreno em 2013, mas devido dificuldades no orçamento não conseguimos construir e por isso resolvemos solicitar a ampliação do prazo”, disse Santos.

A área doada é de 9.765 metros quadrados, localizada atrás do atual Fórum, ao lado da Câmara de Vereadores e vizinho ao prédio do Ministério Público. De acordo com Santos, serão investidos cerca de R$33 milhões na construção do novo prédio.

A construção do novo prédio deve resolver grande parte dos problemas enfrentados pelas pessoas que utilizam as instalações do Fórum Fagundes Leal, construído há quase 27 anos e já incompatível com a demanda da comarca.

Já o assistente técnico Rodrigues informou que como contrapartida será doada para o município o prédio onde funciona atualmente o Fórum. “Ainda este ano vamos reformar as atuais instalações do fórum com investimentos de cerca de R$3 milhões, assim a prefeitura vai receber o prédio em boas condições de uso”, ressaltou Rodrigues.

A prefeita Rosani Donadon afirmou que a construção da nova sede do Poder Judiciário será muito importante para Vilhena, pois contribuirá para melhorar o atendimento da comunidade no município. A prefeita se colocou a disposição para analisar a ampliação do prazo para construção do fórum.

“Vamos ver a legalidade da ampliação do prazo e espero que tudo de certo, o município necessita desse novo prédio que vai melhorar as condições de trabalho dos servidores do Poder Judiciário e também a ampliação do acesso da população à Justiça”, salientou a prefeita.

Semcom