Caso foi enviado para o Ministério Público de Rondônia (MP-RO). Criança confirmou a polícia que foi abusada sexualmente pelo idoso de 70 anos.

Idoso no dia em que foi flagrado pela PRF ao sair de um motel com criança de 11 anos em Ji-Paraná — Foto: PRF/Divulgação
Idoso no dia em que foi flagrado pela PRF ao sair de um motel com criança de 11 anos em Ji-Paraná — Foto: PRF/Divulgação

idoso de 70 anos que foi preso após ser flagrado saindo de um motel com uma menina de 11 anos, foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável em Ji-Paraná (RO), na Região Central do estado. A delegada responsável pelo caso, Renata Stela, disse nesta quarta-feira (30) que o suspeito é um professor aposentado e era vizinho da vítima.

Em depoimento à polícia, a menina confirmou que ela e o suspeito estavam no interior do motel e que ele teria abusado sexualmente dela. Já o idoso diz que levou a menina para conhecer o interior do motel a pedido dela.

“No nosso entender, independentemente de qualquer coisa, acredito que uma criança não teria a capacidade de fazer essa solicitação, mas mesmo que fizesse, um adulto jamais deveria levar para um estabelecimento como um motel”, diz a delegada.

O suspeito segue preso na casa de detenção de Ji-Paraná desde o dia 15 de outubro, quando foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) enquanto saia do motel com a criança.

Em nota, a PRF disse que os policiais faziam ronda na BR-364 quando no km 350 viram um veículo saindo de um motel. Os agentes notaram que a passageira, de baixa estatura, colocou um boné e se abaixou, então os policiais decidiram abordar a caminhonete.

De acordo com a delegada Renata Stela, nos últimos 10 dias a Polícia Civil ouviu os pais e alguns vizinhos da vítima. E então encaminhou o caso para o Ministério Público de Rondônia (MP-RO).

Por Mara Carvalho, Rede Amazônica