Tribunal do Juri condena mais um em Vilhena