Voto aberto é aprovado para cassar Donadon

2013-11-28T15:11:58+00:0028 novembro, 2013|Categories: Em foco, Justiça, Política|Tags: , , |

O Conselho de Ética da Câmara aprovou ontem a cassação do mandato do deputado-presidiário Natan Donadon (sem partido-RO). Agora, o plenário da Casa, que o absolveu de um processo de cassação com o voto secreto, no final de agosto, terá a oportunidade de fazer um novo julgamento, desta vez com o voto aberto.

imageA Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que acaba com o voto secreto nos casos de cassação de mandato e apreciação de vetos presidenciais foi aprovada ontem pelo Senado e será promulgada amanhã pelos presidentes das duas Casas, Renan Calheiros (senado) e Henrique Alves (Câmara).

No Conselho de Ética eram necessários 11 votos para aprovar o parecer pela cassação de Donadon, apresentado pelo relator, José Carlos Araújo (PSD-BA), e 13 deputados votaram a favor da perda de mandato do parlamentar, que está preso na Papuda desde 28 de junho. Ele foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal por peculato e formação de quadrilha. A votação da cassação deverá anteceder a dos parlamentares condenados no mensalão.

“É nossa obrigação buscar ações concretas que visam a restabelecer a honra, a moral, a ética e o decoro do nosso Parlamento, para recuperarmos a credibilidade desse poder, que está se esvaindo. E temos que reconhecer com uma parcela de culpa, recaindo sobre nossos ombros”, disse José Carlos Araújo, ao ler seu voto.

O deputado se queixou ainda, no voto, de que há uma campanha difamatória contra o Parlamento. Disse que chegaram a ser veiculadas notícias de que se está inaugurando “um anexo na Papuda desta Casa”, referindo-se ao presídio de Brasília que recebeu Donadon.

Diário de Pernambuco

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br