Ele tinha um mandado de prisão expedido pela Justiça de Goiás.
cantor preso

O cantor Miguel da Silva Folha, 46, o “Ouro Preto”, da dupla sertaneja Ouro Preto & Boiadeiro, está detido na Polinter de Cuiabá acusado de tráfico de drogas.  Ele tinha mandado de prisão expedido pela comarca de Luziana, no estado de Goiás, mas acabou sendo preso por policiais do município de Acorizal (64 km de Cuiabá).  

A prisão de Ouro preto aconteceu na noite de ontem (14) e inicialmente não teve relação com o crime de tráfico de drogas. Ele foi detido na região de Acorizal por direção perigosa. Para fazer o registro da ocorrência, os policiais encaminharam o cantor para o plantão do Cisc Planalto em Cuiabá.

Durante o trajeto, Boiadeiro arrancou com o carro e tentou fugir só que ele conseguiu ser interceptado a tempo pela viatura policial.

Chegando ao Cisc Planalto, o policial de plantão começou a lavrar o auto da ocorrência. Durante o procedimento, Ouro Preto seria ouvido, autuado por direção perigosa e posteriormente liberado.

Mas durante a checagem do seu nome, os policias constataram no sistema que o cantor tinha um mandado de prisão expedido pela comarca de Luizana (GO), por tráfico de drogas.

Dessa forma, os policiais resolveram prender Ouro Preto e enviá-lo para a Polinter – delegacia da Polícia Civil.     

A Polícia Civil entrou no caso e solicitou à Justiça de Goiás um pedido de transferência de Boiadeiro.  Se a resposta não chegar até final desta tarde, da Polinter o cantor será transferido para a Penitenciaria Central do Estado (PCE).  

Miguel da Silva Folha, o “Ouro Preto” é natural do estado do Paraná, mas ele fez a sua carreira de músico em Mato Grosso. Antes de ser cantor, Boiadeiro trabalhou como garimpeiro, profissional do transporte, mecânico e funcionário publico.

Desde 2001 ele compõe dupla sertaneja com Geraldo Cesar Alves, ‘o Boiadeiro’. Entre os sucessos dos cantores está a canção “Como o Vento”.

Outro lado  

Assessoria de imprensa do cantor disse que, no momento, não vai se pronunciar quanto ao assunto. No entanto ressaltou que todos a medidas estão sendo tomadas para libertar Ouro Preto e esclarecer os fatos.

O Documento