Vídeo: Polícia desmente deputado e nega afastamento de PM que baleou bandido filmado em roubo a moto

2013-10-19T11:37:04+00:0019 outubro, 2013|

Ao contrário do que disse Major Olímpio, capitão Antônio Bernardo segue em suas funções

 Polícia Militar divulgou uma nota na manhã desta quinta-feira (17) para negar que o capitão Antônio Bernardo, de 45 anos, tenha sido afastado de suas funções. O PM foi o autor dedois tiros em um bandido durante o roubo a uma moto na zona leste da capital. O crime foi filmado pela vítima e ganhou repercussão na internet neste fim de semana.

A notícia do afastamento foi divulgada pelo deputado estadual Major Olímpio (PDT), em discurso no plenário da Assembleia Legislativa na última quarta-feira (16).

— Ele (Bernardo) não se omitiu, mas agora está recolhido em seu batalhão por seis meses. Uma tristeza, o cidadão vê como é a política pública no Estado de São Paulo.

Em nota, a PM e a SSP (Secretaria de Segurança Pública) negaram que o capitão tenha sido afastado ou ainda incluído no PAAPM (Programa de Acompanhamento e Apoio ao Policial Militar). Os dois órgãos reforçaram que a ação do policial foi “legítima, praticada segundo o procedimento operacional padrão”.

— A postura do oficial, em seu horário de folga, pondo em risco a própria vida, demonstra profissionalismo e devoção à causa pública.

A ação do capitão da PM foi elogiada nesta semana pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin, e pelo secretário de Segurança Pública, Fernando Grella. Bernardo segue normalmente em suas funções, de acordo com o comando da Polícia Militar.

O assaltante baleado continua internado, enquanto o seu comparsa está foragido e é procurado pela polícia.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Do R7[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br