Detentos conseguiram fugir da penitenciária no dia 5 de fevereiro por um túnel. Caso é investigado.

Vinte e quatro presos já foram recapturados após a fuga em massa da unidade prisional Agenor Martins de Carvalho, em Ji-Paraná (RO), região central do estado. A jornalistas nesta sexta-feira (14), o presidente regional da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), Fred Barbosa, informou tratar a fuga dos 28 apenados como falha humana. O caso é investigado.

“Foi uma falha humana. O fato é que, infelizmente, os presos escaparam. A grande maioria foi recapturada. A estrutura de segurança da unidade foi toda recomposta, toda remodelada para impedir que novos atos aconteçam”, disse.

Os detentos conseguiram fugir da penitenciária no dia 5 de fevereiro por um túnel. Fred Brabosa explicou que na cela onde o buraco foi cavado havia seis presos. Os outros estavam em alas separadas do mesmo pavilhão. “Eles serraram algumas grades e conseguiram sair”, complementou o presidente regional.

Muro por onde túnel foi feito e presos fugiram em Ji-Paraná — Foto: Mara Carvalho/Rede Amazônica

Muro por onde túnel foi feito e presos fugiram em Ji-Paraná — Foto: Mara Carvalho/Rede Amazônica

Segundo a Sejus, os apenados são de alta periculosidade. Entre os 24 presos recapturados, alguns foram encaminhados de volta ao presídio em Ji-Paraná. Outros estão em unidades prisionais de Porto Velho, além de comarcas onde foram encontrados.

O órgão informou que a Corregedoria instaurou um procedimento administrativo disciplinar na unidade, que deve ser concluído em até 60 dias. A investigação acontece em parceria com a Defesa Civil. O comandante da Polícia Militar (PM), Major Yuri Frota, informou que os fugitivos foram encontrados em municípios distintos.

“Ouro Preto, Jaru, além de São Miguel do Guaporé. Eles foram localizados em sítios, em áreas de mata, próximos de lixão, em hotéis”, pontuou.

Relembre a fuga

Vinte e oito detentos fugiram do Presídio Agenor Martins De Carvalho, em Ji-Paraná (RO), na madrugada de 5 de fevereiro.

Após a fuga, um dos presos roubou uma caminhonete que estava localizada próxima ao presídio. Durante a perseguição, o veículo acabou capotando e os policiais conseguiram capturar o condutor. Um segundo detento foi recapturado horas depois por outra guarnição.

Segundo informações da Polícia Militar, líderes de facções criminosas estão entre os que fugiram da penitenciária.

Presos que fugiram de presídio em Ji-Paraná. — Foto: Sejus/Divulgação

Presos que fugiram de presídio em Ji-Paraná. — Foto: Sejus/Divulgação

Presos que fugiram de presídio em Ji-Paraná. — Foto: Sejus/Divulgação

Presos que fugiram de presídio em Ji-Paraná. — Foto: Sejus/Divulgação

Por Mara Carvalho, Rede Amazônica