DSCN1762Motor do veículo voou pelos ares, tal foi a intensidade do choque

DSCN1779O acidente aconteceu por volta das 10h desta terça-feira (4) a 18 Km da divisa do Rondônia com Mato Grosso, próximo do Posto XII de Outubro no Km 503 da BR-174/MT.

DSCN1752Marcelo Brandão, 39 anos, condutor do Voyage, prata, placa OAY-4388/Cuiabá-MT trafegava pela BR-174/MT, com destino a Cuiabá, com ele estavam sua esposa e filho. Na sua frente e no mesmo sentido, trafegava o caminhão Vasculante, Ford, placa NEG-1994 conduzido por Leandro Caetano Ferreira, 31 anos, que já morou em Vilhena, mas está a serviço da Mavi Engenharia me Comodoro. A empresa está trabalhando no Linhão.

DSCN1759Antes de chegar na curva, uma pick-up strada, vermelha, placa NCX-0120/Vha conduzido por Alfredo Julião, 74 anos, vinha no sentido contrário. “Ele vinha a toda velocidade, atravessou a faixa, tentei frear, mas ele deu uma rodada, veio de frente para o caminhão e bateu. Estava tão rápido que quando vi a curva ele já tinha chegado”, explica Leandro.

DSCN1756Com o impacto, o motor do veículo voou pelos ares e foi parar do outro lado do acostamento. A pick-up rodopiou por uns 100 metros com as peças da embreagem e do motor saindo disparadas por todo o asfalto.

DSCN1768O caminhão saiu do acostamento, mas Leandro não sofreu ferimentos. O Voyage bateu na traseira do caminhão, que estava na sua frente. “ Se não fosse essa quantidade de peças que avariaram meu carro, era só trocar o pneu e ir embora”, declarou Marcelo, que também estava esperando o seguro. Ele e toda sua família não se feriram.

DSCN1767Seu Alfredo ficou preso entre as ferragens e ficou gravemente ferido. O Corpo de Bombeiros de Vilhena o socorreu até o Hospital Regional onde está sendo atendido.

DSCN1773 DSCN1754 DSCN1760Por Hernán Lagos