Após dar à luz em banheiro de bar, jovem mata bebê e esconde corpo no vaso sanitário

2013-08-29T10:27:47+00:0029 agosto, 2013|

Após passar 40 minutos no banheiro, a jovem voltou a assistir a uma luta na televisão

Amanda Hein colocou o filho recém-nascido em um saco de lixo e o enfiou no tanque do vaso sanitário de um bar Reprodução/nydailynews.com

Amanda Hein colocou o filho recém-nascido em um saco de lixo e o enfiou no tanque do vaso sanitário de um bar
Reprodução/nydailynews.com

[dropcap]A[/dropcap]manda Catherine Hein, de 26 anos, foi acusada de asfixiar e matar seu filho logo após dar à luz no banheiro do Starters Pub, um bar na Pensilvânia. O crime, que ser punido com a morte, aconteceu no dia 18 de agosto.

De acordo com o promotor John Morganelli, a mulher estava no bar assistindo a uma luta transmitida pela televisão com três amigos, quando começou a sentir dores nas costas.

Em seguida, ela foi ao banheiro, onde permaneceu por cerca de 40 minutos. Ao retornar a mesa, Amanda estava suja de sangue, mas disse aos amigos que eles não deveriam se preocupar.

Luis Rivera, um dos amigos de Amanda, disse à polícia que, após sair do banheiro, ela pegou sua bolsa e saiu para fumar. O grupo ainda assistiu à luta por uma hora, antes de ir para casa. Ele afirmou que perguntou à mulher se ela queria ir ao hospital, mas ela teria se recusado porque não tinha plano de saúde.

O crime foi descoberto por funcionários do bar, quando os clientes já haviam deixado o local, segundo o jornal New York Daily News. O bebê foi encontrado dentro de um saco de lixo enfiado no tanque do vaso sanitário.

Segundo informações do jornal americano Daily News, o dono do Starters Pub, Dave Rank, ficou em estado de choque quando foi avisado do crime. “Eu falei com a polícia, eu falei com [membros da] minha igreja. Isso é muito devastador pra mim”.

— Um dos meus funcionários estava tentando dar descarga para limpar o vaso. Ele percebeu que algo estava errado e levantou a tampa e dentro do tanque estava o feto.

Para a polícia, Amanda sabia que estava grávida desde maio ou junho, mas não contou a ninguém. Agora, os oficiais estão à procura do pai da criança.

A jovem deve ser julgada em 5 de setembro. Na Pensilvânia, o assassinato de menores de 12 anos pode ser punido com pena de morte.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Do R7[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br