Assassino diz que matou corretor porque recebeu um tapa na rosto