Assassino se entrega à polícia em Vilhena

2014-01-28T12:39:26+00:0028 janeiro, 2014|

Flávio José da Cruz se entregou pelo homicídio de Edivaldo de Souza na Vila Operária no dia 2 de novembro de 2013.

imageDico foi perseguido é baleado até morrer. Testemunhas dizem ter ouvido 4 tiros.

O homicídio aconteceu por volta das 15h05 do sábado, 2 de novembro, na rua 349A da Vila Operária, atrás do Mercado Crystal em Vilhena.

Segundo testemunhas, Edvaldo Souza, de 25 anos, vulgo “Dico ou Diquinho” estava envolvido no mundo no crime e recentemente havia brigado na Chácara do Raimundo.

imageDiquinho estava na esquina da rua 310 com a travessa 340, onde foi abordado por dois homens em cima de uma moto, o homem de cabelo comprido (Flávio José da Cruz) desferiu os tiros. O primeiro disparo atravessou o portão da casa que fica na esquina. Segundo testemunhas a casa estava cheia de crianças e por pouco não atinge uma delas.

imageEle correu e entrou na rua 349-A onde desabou na metade da quadra. Uma das balas perfurou as costas no meio da coluna, outra o ombro esquerdo. Seus algozes tomaram rumo ignorado.

Dico morava na rua 347, casa 521, na Vila Operária, a 3 quadras do local onde morreu. Ele trabalhava descarregando lenha para caldeira no frigorífico.

Por Hernán Lagos

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br