Projeto de lei 811, aprovado na sessão de terça-feira (31/10), altera o efetivo de cabos e soldados da Polícia Militar de Rondônia constante da alínea “a”, inciso dois, artigo segundo da Lei 509/1995.

A propositura, encaminhada pelo governo de Rondônia,  resgata um antigo compromisso com a corporação, aumentando o quadro de  cabos de 1.342 para 1.465, com a consequente subtração de 123 postos de soldados combatentes no quadro operacional (QPMP).

A Lei entra em vigor em 1° de janeiro de 2018, e autoriza o ingresso de mais 123 soldados PM da seleção de 2016, a maioria com 11 anos de serviços prestados, segundo o deputado Jesuino Boabaid, no “curso para cabos já em janeiro de 2018”.

O deputado explicou que, os 123 soldados contemplados com a medida, se juntam agora aos outros 400 soldados aprovados no Curso de Aperfeiçoamento para Cabos e Soldados 2016, e que não poderiam fazer o curso para ser promovidos por falta de vaga no quadro da PM.

Leia mais:

Polícia Militar de Rondônia inicia curso com etapa presencial para aperfeiçoamento de 82 sargentos em Porto Velho


Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Secom – Governo de Rondônia