Curto circuito em casa de madeira provocou o sinistro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA[dropcap]P[/dropcap]or volta das 1h28 deste domingo (4) uma guarnição da Polícia Militar realizava patrulhamento na rua 1709 do bairro Jardim Primavera em Vilhena/RO quando avistou Ronny dos Santos Miranda, 29 anos, em frente ao nº 1716 em atitude suspeita. Ao realizar revista pessoal foi encontrado no bolso de sua bermuda uma quantia aproximada de 2 gramas de pasta base de cocaína e R$ 27,00.

Ao entrar no quintal da casa foi avistada uma moto Bros, preta, que ao fazer averiguação foi constatado que se tratava de uma moto furtada na madrugada do Réveillon. Para descaracterizar a moto foi mudada a placa colocando fita isolante, sendo que a placa verdadeira é NJU-3433/Vha e com a mudança da placa ficou NUO-3488.

Na casa foram encontradas mais três pessoas e, em um dos quartos, foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. Uma das mulheres informou que a arma pertence a Ronny e a moto também. Ronny confirmou ter comprado a moto de Magno Cezar Alves, 25 anos, pelo valor de R$ 200,00 e que estaria com alguns produtos que haviam sido furtados na mesma casa onde a moto havia sido furtada.

Os policiais foram até a casa de Magno na rua 1513 nº 1906 e pediram reforços, pois no local funciona um ponto de vendas e uso de drogas. No local haviam 4 indivíduos ingerindo bebidas alcoólicas e fumando cigarros. No interior foi encontrada uma carenagem da moto furtada e produtos de procedência duvidosa. Magno confessou ter furtado a moto.

No momento em que os policiais o estavam encaminhando à Delegacia, foi percebido um curto circuito no padrão de energia da casa, ao voltar o interior da casa estava em chamas. Uns policiais tentaram conter as chamas, mas o fogo já havia avançado muito, outros acionaram o Corpo de Bombeiros.

Da redação do Rondônia em Pauta – (Foto: ilustrativa)